Compass é gás e energia para a Baixada

O Brasil e o Estado de São Paulo precisam de mais energia para crescer. Uma energia estável, que funcione todas as horas do dia, todos os dias do ano, como o gás natural: um energético que substitui combustíveis mais poluentes em comércios, indústrias e transportes, garantindo a estabilidade e segurança ao sistema elétrico, servindo como base para o crescimento de fontes renováveis.​

Um dos projetos que vai ampliar a oferta e infraestrutura do setor de gás natural é o TRSP, o Terminal de Regaiseficação de São Paulo, da Compass.​

Com um investimento de aproximadamente R$ 700 milhões, a iniciativa vai conectar de forma segura o nosso país ao mercado global de gás natural liquefeito, o GNL, com a adoção da mais avançada tecnologia disponível para este tipo de operação.​

É mais emprego e renda para a Baixada. E mais energia para a região, para o Estado de São Paulo e o Brasil.​

.

Confira como o Terminal vai funcionar:

  • Benefícios do projeto
  • Construção e segurança
  • Garantia do fornecimento de energia por meio de uma comodity mais limpa;
    Incremento do sistema de abastecimento de gás natural;
  • Resposta à necessidade energética nacional;
  • Garantia de fornecimento de energia ao parque industrial do Estado de São Paulo;
    Fomento no desenvolvimento das indústrias, implantação de tecnologias mais limpas para os modais de transporte;
  • Possibilidade de planejamento estratégico de longo prazo para o Estado de São Paulo;
    Quebra de monopólio nos preços de gás encanado;
  • Redução das emissões de gases de efeito estufa;
  • Geração de empregos;
  • Geração de mais atividades reflexas, estimulando a geração de empregos, desenvolvimento e renda;
  • Pagamento de tributos nas três esferas de governo.
Fechar